Feign

Dentro da extensa lista de jogos linkados no Desdobramentos, encontrar este foi uma grata surpresa – grata surpresa após joga-lo – visto as potencialidades que apresenta e que extrapolam o sentido dado pela característica de jogo. Feign é um jogo baseado em uma lógica e com um sentido, mais agradável de ser jogado sem o som diga-se de passagem e que tem o claro objetiovo de encontrar os nove ícones amarelos chamados no jogo de corpos – não representam uma pessoa animada visto que é um ícone estático, sem muita caracterização – que estão em ambientes separados dentro de um labirinto que lembra fractais ocupando um espaço infinito.

Image

É de uma jogabilidade relativamebnte simples, mas uma característica que possívelmente passa desapercebida pelo jogador é o espetáculo visual proporcionado pela visão subjetiva onde o objeto sólido\tridimensional que compõe o labirinto vai desvelando-se de acordo como ritmo de cada jogador e contrastando com o espaço que ocupa. A composição dos labirintos são paradoxais pois ao adentrar o primeiro tem-se acesso a um outro que está fora deste  e que não pode ser visto sem acessar o primeiro.

Image

Não pára aí, há labirintos dentro de labirintos com espacialidade que contradizem o que é conhecido das leis da fisica, voc~e está em um mundo virtual meu caro, e agora o esquema é re3jeitar o óbvio de vez em quando!

Não lhe será concedido um metodo de como jogar pois este  está mais para um jogo lógico que estimula a dedução e a percepção do que um jogo com um objetivo claro e definido de chegar pura e simplesmente ao final.

Entrgue-se ao prazer de jogar e explorar, conceda a ti mesmo criatura que navega o vasto, nefasto e devastado mundo virtual a possibilidade de re-conhecer “o infinito e além”, “Audaciosamente indo onde nenhum homem jamais esteve” .Cumprir as metas , os ritos de passagem, encontrar os ovos do coelhinho da páscoa atrás das arvores vem como um bônus da brincadeira!

Os devaneios comuns a este que redige o presente post ficarão para uma próxima ocasião, aí direi que enquanto jogava pensava em relações do jogo com video-arte – e até mesmo imaginei o jogo em uma instalação- pensei no Einseinstein – caso não o conheça digite na busca – e em uma pá de entusiastas do meio imagético, entrei em um mundo vasto de faz de conta – enquanto navegava e navego neste mundo virtual- e imaginei se o som do jogo estivesse ligado a performance do jogador, se a habilidade deste manusear a interface estivesse ligada ao ritmo da sonoridade. Mas efetivamente, o devaneio vai ficar para um outro momento.

 

w3nd3ll 54cr4m3nt0

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: